(11) 3907-6828 | 4332-9855 comercial@assemet.com.br
Operação de máquinas e equipamentos

Operação de máquinas e equipamentos

Como garantir a segurança dos seus colaboradores

A NR 12 é uma norma regulamentadora que define as técnicas, procedimentos e medidas de proteção para operadores ou não de máquinas e equipamentos.

Por diversas razões como falta de conhecimento do assunto ou orientação adequada, muitas empresas não estão atentas para a necessidade de possuir um laudo técnico de suas máquinas e equipamentos que garanta a segurança dos trabalhadores. Infelizmente, a devida atenção só é dada quando o laudo é solicitado por órgãos de fiscalização ou na ocorrência de um acidente, que muitas vezes pode ser gravíssimo.

Para te ajudar a entender melhor este assunto a ASSEMET juntamente com seu corpo técnico, esclarece as dúvidas sobre a elaboração e emissão dos laudos, relatórios técnicos e análise de riscos, destacando que esses documentos vão além do cumprimento dos requisitos legais. Eles podem garantir a qualidade dos serviços, economia e segurança de todos os colaboradores envolvidos nas atividades da empresa.

Não é incomum, vermos empresas que tem um orçamento limitado emitirem relatórios técnicos somente para as máquinas que consideram “mais perigosas”. A questão é: quem pode avaliar o que é mais ou menos perigoso? A resposta é simples: somente um engenheiro especializado. Por isso, nossa recomendação é sempre realizar uma avaliação de forma ampla para que não seja esquecido nenhum risco que possa ser grave e iminente em algumas situações e então definir a estratégia de ação.

A empresa deve manter o inventário atualizado das máquinas e equipamentos com todas as devidas identificações, elaborado por um engenheiro responsável ou profissional legalmente habilitado e toda a documentação deve ficar disponível a fiscalização.

 

APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS

A APR é própria para ser usada na fase inicial de concepção e desenvolvimento das plantas de processo, na identificação dos riscos existentes. Ela não exclui a necessidade do uso de outras avaliações de riscos, mas, é uma precursora delas. As principais vantagens da APR são: identificar e conscientizar a equipe de projeto dos perigos em potencial e identificar e desenvolver diretrizes e critérios para a equipe de desenvolvimento de processo. Dessa forma, os perigos principais podem ser eliminados, minimizados ou controlados.

A APR é realizada com a listagem dos perigos associados aos elementos do sistema, como definido na fase de concepção ou no início do projeto. Os elementos que podem ser definidos neste estágio são:

  • Matérias primas, produtos intermediários e finais e sua reatividade;
  • Equipamentos de processo;
  • Interface entre componentes;
  • Ambiente operacional;
  • Operações (teste, manutenção, procedimentos de emergência etc.);
  • Instalações;
  • Equipamentos de segurança.

Á medida que os perigos são identificados, potenciais causas, efeitos e gravidade dos acidentes, bem como as possíveis medidas de correção ou preventivas, também são descritas. Para que seja feito um bom trabalho, é necessário aproveitar as experiências anteriores, advindas do maior número de fontes diferentes.

Estas fontes são compostas de estudos de riscos de instalações semelhantes, experiência operacional em processos similares e listagem de riscos.

 

LAUDO DE CONFORMIDADE

Uma vez realizada as adequações em máquinas e equipamentos mediante as análises de riscos, deverá ser emitido um Laudo de segurança com a respectiva ART (Anotação de Responsabilidade Técnica), validando os sistemas de segurança instalados as máquinas ou equipamento, com novos treinamentos aos operadores para que o mesmo possa ser inspecionado pelos órgãos competentes e liberados para operação.

Todas as alterações feitas, bem como diagramas, desenhos, ART e demais documentações, deverão compor o “databook” do equipamento, e devem permanecer disponível em caso de fiscalização.

É imprescindível que um treinamento da NR 12 seja realizado para os colaboradores, apresentando as principais inovações introduzidas pela norma, dispositivos instalados, capacitação para implantação, manutenção e execução das atividades com maior segurança, preparando assim os trabalhadores para utilização de novas tecnologias, metodologias e equipamentos em conformidade com as Normas Reguladoras (NR).

Ainda tem dúvidas? Agenda uma visita que iremos até sua empresa para uma avaliação!

 

>>> Leia também: COVID-19 X SEGURANÇA DO TRABALHO

WhatsApp chat